Desmatamento da Amazônia no mês de agosto é o maior dos últimos 10 anos

De acordo com os dados divulgados pelo Imazon (Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia), são 1.499 Km² de floresta destruídos em um mês. Alta de 68% em relação a agosto do ano passado.

Segundo o sistema de alerta de desmatamento do Instituto, nos primeiros oito meses deste ano a Amazônia perdeu 5.190 Km² de mata nativa, 23% a mais do que no mesmo período do ano passado.

A maioria do desmatamento, cerca de 55%, foi registrado em áreas privadas ou em diversos estágios de posse. Em seguida vêm a destruição da mata em assentamentos com 24%, unidades de conservação,16%, e terras indígenas com 5%.

Entre os estados que mais desmataram estão o Pará, com 37% de floresta destruída, Amazonas com 19% e Acre, 18%.

Os municípios onde a mata foi mais desmatada foram a capital de Rondônia, Porto Velho, com 85 Km², Lábrea, no Amazonas teve 72 Km² e Altamira, no Pará com 61 Km² de destruição.

Por Cultura

Compartilhe nas Redes Sociais

+ Notícias