Batimentos cardíacos dos cachorros aumentam quando ouvem ‘eu te amo’

Um pequeno estudo conduzido pela empresa inglesa Canine Cottages deu evidências de que os cãezinhos de fato entendem algumas coisas ditas pelos donos e reagem a elas – o que reforça a ideia do desafio que viralizou na semana passada, em que os tutores faziam um pequeno monólogo citando palavras amadas pelos bichinhos como “petisco” ou “passeio” e eles reagiam com as expressões mais fofas!

No caso da pesquisa inglesa, a palavra que gerou comoção entre os cachorros voluntários foi um “eu te amo” vindo do dono. Explicamos como eles chegaram nesse resultado. No início do experimento, o batimento cardíaco dos cães era monitorado com eles em repouso e a média era de 67 batimentos por minuto (bpm). No entanto, quando ouviam um “eu te amo” de seus respectivos donos, esse número saltava para 98 bpm!

O resultado contrário, de queda na frequência cardíaca, também foi observado entre os voluntários: quando os cãezinhos eram abraçados pelos donos, relaxavam e os batimentos caiam para 57 bpm.

Com a ajuda de especialistas em comportamento animal, a Canine Cottages também investigou a via contrária: qual é a maneira dos cachorros demonstrarem amor por seus tutores? Entre os comportamentos apontados pela Canine estão as lambidas, as saudações como dar a patinha, os pedidos de colo e de carinho na barriga, o ato de compartilhar brinquedos e até, pasmem, a destruição de pertences da casa!

Por UOL

Compartilhe nas Redes Sociais

+ Notícias