Foto: Reprodução Facebook CPM 22

CPM22 anuncia saída de Japinha após caso de conversa com menor

O CPM 22 usou o Instagram nesta segunda-feira (17/08), para anunciar a saída de Ricardo Japinha, de 46 anos, da banda. Em junho, o baterista teve uma conversa nas redes sociais com uma menina que teria 16 anos de idade. O texto, assinado pelo vocalista, Fernando Badauí, afirma que a conduta do músico não condiz com o que a banda acredita.

“Em 1995, o Wally me chamou pra montar o CPM que depois se tornaria CPM 22. Desde então, isso passou a ser a minha razão de viver, assim como a oportunidade de poder expor meus ideais, o que acredito, o que me incomoda, o que me deixa feliz, as frustrações, o amor. A banda se tornou profissional, caímos na estrada, foi e está sendo a realização de um sonho, mas com isso, mesmo sendo algo sensacional, vem o desgaste, a convivência e as divergências. Isso é normal, desde que não ponha em risco o principal motivo de estarmos aqui, o CPM22. Cada integrante que saiu da banda, saiu por alguma razão e estamos passando de novo pela mesma situação”, escreveu Badauí.

“Depois de sermos surpreendidos com o teor das questões relacionadas ao nosso baterista Ricardo Japinha, tentamos entender realmente o que significava isso tudo e chegamos à conclusão que esse tipo de conduta não condiz com o que acreditamos e com o que a banda defende. Dito isto, venho aqui comunicar que, após uma conversa franca, entre nós, olho no olho, o Japinha está sendo desligado do CPM 22. Nossas decisões sempre foram e sempre serão tomadas para o melhor da banda, como instituição. Todos cometemos erros, mas alguns, infelizmente comprometem uma relação! Agradecemos de coração e o desejamos sorte! Quem quiser seguir com o CPM 22, vamos com tudo! Essa banda faz parte de mais da metade da minha vida e às vezes temos que tomar decisões difíceis. Se não tivéssemos enfrentado cada situação, boa ou ruim, com seriedade, não estaríamos completando 1/4 de século de existência! Bom, é isso, aguardem as novidades! Fiquem em paz!”, finalizou o vocalista.

Japinha já havia sido afastado, mas o comunicado agora oficializa a saída definitiva do baterista da banda. Ele estava com o CPM 22 desde 1999.

https://www.instagram.com/p/CD_lqMRDjJu/?utm_source=ig_web_copy_link

Em junho, Fernando Sanches, baixista da CPM 22, também deixou o banda. Em comunicado, o músico disse vai se dedicar a estúdio e outras bandas.

ENTENDA O CASO
Uma conversa de 2012 entre Japinha e uma suposta fã foi publicada no perfil Exposed Emo no Twitter. Ao G1, o músico afirmou que as imagens do diálogo eram verdadeiras. “Estava rolando um clima meio de paquera, porque ela estava puxando papo comigo. Ela veio me procurar. Aí eu perguntei se ela tinha namorado. Ela falou que sim. Aí eu recuei. Brinquei e falei que não, eu tinha ciúmes. E aí ela falou que tinha 16 também, aí que eu recuei mais. Eu não tenho essa mania. Eu não gosto”, afirmou Japinha ao site na época da repercussão do caso.

No Instagram, Japinha também publicou um texto falando sobre o caso. “Quem me conhece de verdade sabe da minha índole e do meu caráter e que jamais agiria com o intuito de machucar alguém, seja física ou psicologicamente. Abomino qualquer forma de desrespeito ou abuso contra quem quer que seja. Humildemente, coloco-me à disposição para quaisquer esclarecimentos em face de qualquer pessoa que tenha se sentido mal ou prejudicada por algum mal entendido. Por mim, informo que todas as medidas legais cabíveis já foram tomadas para evitar a propagação de informações que não condizem com a verdade”, escreveu ele.

Por Quem

Compartilhe nas Redes Sociais

+ Notícias